Media Center

 
 
07.03.2015

Presidente da República nas comemorações dos 125 anos da Unicer

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, preside à cerimónia oficial dos 125 anos da Unicer e visita o novo complexo industrial da cervejeira nacional, obra que envolveu um dos maiores investimentos da sua história, superior a 100 milhões de euros. O Chefe de Estado preside à inauguração do novo armazém logístico, assinalando a conclusão das intervenções de modernização da unidade de Leça do Balio. A iniciativa conta ainda com a presença do ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, assim como de Manuel Violas e João Abecasis, respetivamente, presidente do conselho de Administração e presidente executivo da Unicer.

O contínuo esforço de adaptação, modernização e expansão, ajudaram a construir a atual Unicer, cuja origem remonta a 7 de março de 1890 com a criação da CUFP - Companhia União Fabril Portuense das Fábricas de Cerveja e Bebidas Refrigerantes. Décadas depois e já em 1964, a instalação da sede e da fábrica em Leça do Balio, localização que se mantém até hoje, significou a entrada numa nova etapa da Unicer, cujo trajeto tem sido marcado pelo crescimento sustentado. Após 125 anos, a empresa mantém-se portuguesa e é em território nacional que realiza os maiores investimentos. Hoje, a Unicer é a maior empresa portuguesa de bebidas e a principal exportadora nacional de cervejas, para mais de 50 países. No seu portefólio, destacam-se marcas fortes, com Super Bock e Pedras a serem as ‘estrelas’ da companhia. Aliás, Super Bock é a cerveja portuguesa mais vendida no Mundo .

Inauguração de armazém automático assinala conclusão do investimento superior a 100 milhões de euros

Durante a visita, o Presidente da República vai inaugurar o armazém automático e descerrar a placa comemorativa da cerimónia. Este momento simbólico marca a conclusão do investimento superior a 100 milhões de euros que a Unicer realizou neste complexo industrial, em apenas três anos. De recordar que o edifício-sede foi inaugurado, no passado mês de Setembro, aquando da comemoração dos 50 anos do centro de produção de Leça do Balio.

O novo armazém logístico é uma imponente infra-estrutura criada de raiz, com 33 metros de altura e uma área próxima do tamanho de um campo de futebol. Totalmente automatizado e com um circuito de carros eléctricos com ligação direta à fábrica, é capaz de armazenar 40 mil paletes e movimentar, todos os dias, 12 mil dessas paletes.

Já o Centro de Produção de Cerveja destaca-se por aliar novos equipamentos, tecnologicamente mais avançados, a uma maior capacidade de produção, para fazer face aos compromissos comerciais da empresa, em Portugal e no estrangeiro. Em 2014, a Unicer vendeu mais de 600 milhões de litros, sobretudo cerveja.

A nova sede volta a concentrar, no mesmo espaço, serviços e colaboradores, de forma a agilizar as operações e o contacto entre as equipas. A chapa exterior, para além de proteger termicamente o edifício, reforça as credenciais da empresa já que simula cerveja, através de uma decoração ondulante e com efeito borbulhante.

Nesta obra, a sustentabilidade foi uma das grandes preocupações, alcançando-se indicadores muito positivos. Na nova unidade de produção e enchimento conseguiu reduzir-se em 23% o consumo de energia elétrica; em 12% o consumo de água; e em 34% o consumo de energia térmica. Já o novo edifício tem em curso o processo de obtenção da certificação LEED, uma normativa que vai ao encontro de um conjunto de critérios de conceção, construção e operacionalidade de edifícios de um modo ambientalmente sustentável. Traduz-se na melhoria de indicadores como o consumo de energia, qualidade da atmosfera e do ar, eficiência no uso de água, a inovação na conceção, entre outros.

Recorde-se que a decisão de avançar com este projeto de investimento foi já tomada durante o programa de assistência financeira a Portugal, o que revela o compromisso e o sentido de portugalidade dos acionistas e da equipa de gestão, assim como o contributo da empresa para a retoma da economia nacional. Nestes últimos anos, perante uma conjuntura económica e social adversa, a empresa conseguiu realizar este investimento – um dos maiores da sua história -, ao mesmo tempo que manteve a boa saúde financeira e reduziu de forma contínua a dívida bancária, 70 M€ entre 2010 e 2014, fixando-se nos 140M€ no último exercício.

No ano em que celebra os 125 anos de atividade, a Unicer é um ícone de modernidade e uma das melhores empresas da Europa no seu setor de atividade, com um modelo de negócio mais sustentável e eficiente, adequado às suas ambições de crescimento.

As comemorações vão prolongar-se nos próximos meses. Em finais de janeiro a empresa apresentou o livro “Unicer, uma longa história” que revisita as suas principais fases e desafios e estará à venda no futuro Centro de Visitas.



 

 
Voltar